18 agosto 2013

18 agosto 2013

A forma como eu te amei

Não sorria, por favor. Eu estou tentando te superar e seu sorriso dificulta as coisas. Faz com que eu queira voltar atrás em tudo o que te disse, mesmo que eu não sinta que devo. Também não chegue muito perto, porque eu tenho sentido falta do seu perfume, mas já não lembro como é o cheiro dele e quero que continue assim.


Se puder não me tocar, parte de mim também vai agradecer. Seus abraços foram os melhores que já ganhei e eu acabava me rendendo aos seus braços e não é justo comigo mesma. Não é justo que o seu seja o único amor que eu consiga aceitar, porque é pouco. O problema não é você, é o que você consegue dar. Não me preenche. Me deixa feliz por pouco tempo e depois parece que suga todo o resto de coisas boas que tenho e então fico miserável.

Eu não sei o que você é, eu não sei o que você sente, nem o que almeja. Você é uma incógnita e talvez o único motivo para continuar voltando para você seja a vontade de te decifrar. Talvez eu nunca consiga e sempre volte. Talvez me canse. Mas de qualquer forma terei perdido tanto tempo que prefiro parar agora. Te tirar da minha vida como se realmente fosse possível.

Você é tão louco quanto eu e talvez eu queira alguém que me equilibre. Você é egoísta e possessivo e frustrante e eu não preciso de mais nenhuma dose de nada disso em minha vida. Nunca gostei muito do comum, do normal, mas eu vou me acostumar com alguém que seja o seu oposto, porque eu vou poder continuar sendo eu mesma. Você seria a pessoa certa se eu fosse diferente e eu não tenho intenção alguma de mudar ou seguir o seu caminho. Destrave a porta e me deixe descer, quando o farol abrir, acelere e me deixe. Eu pego um ônibus, um trem, vou até a pé, mas vou para onde quero.

Eu só espero não querer você.


4 comentários:

Maria Vitória Lopes Stela em 18/8/13 disse...

ai que lindo )': parece lá no começo você contou minha historia

Mayara Sousa em 19/8/13 disse...

Tento pensar que por pior que seja hoje, já foi lindo um dia <3 isso ajuda.

Gabriela Ti em 20/8/13 disse...

"Me deixa feliz por pouco tempo e depois parece que suga todo o resto de coisas boas que tenho e então fico miserável." Exatamente isso! Perfeito! Encaixou totalmente em mim (: Amei Mayara <3
http://dezemaispoucos.blogspot.com.br/

Mayara Sousa em 20/8/13 disse...

Brigada, flor <3 Ninguém merece esses meios amores, né?

Postar um comentário

 

Design e programação por Mayara Sousa.