10 setembro 2013

10 setembro 2013

Perdida e salva

Foto por JCarpenter76 (http://www.flickr.com/photos/15931853@N07/)

Quero me desprender de você. Tenho medo de perder uma oportunidade de um bom amor porque foco no que temos, como se tivéssemos algo sólido. Tenho medo de me envolver com outra pessoa e acabar caindo em tentação quando te encontrar, então acabo ficando sozinha. Sozinha com você. Olha que coisa.

Três anos voaram desde o dia em que esbarrei em você. Literalmente esbarrei. Depois me perguntam por que eu acredito em destino. Qual a probabilidade de dar de cara com alguém numa entrevista de emprego, trocar meias palavras e sorrisos inteiros e não largar desde então? Eu que sempre sonhei com uma história de cinema, vivo uma e só torço por um final feliz. Aliás, será que um dia farão um filme sobre nós? Deveriam. Daríamos um bom longa metragem. Até mesmo boas sequências. Eu normalmente odeio sequências, mas abro uma exceção no nosso caso. Como sempre faço.

Há quem diga que não somos saudáveis. Que eu te preciso mais do que me respeito, porque durmo no seu tapete de entrada quando você bate a porta na minha cara. Que você é orgulhoso demais e ao mesmo tempo possessivo, e acaba me querendo só pra você, mas não tem coragem de dizê-lo em voz alta ou pedir desculpas quando erra, mesmo sabendo que com o tempo isso vai me afastar de você. Não sei se ainda não abri totalmente os olhos, mas o mundo anda um pouco louco e eu acabo achando que o errado é ser normal.

Você tem seus medos e eu tenho mil e um complexos, sendo generosa. Tenho a vantagem de ser paciente e, apesar da neura de sempre me achar velha demais, mesmo nem tendo duas décadas de vida, sei que ainda tenho muito tempo. Eu já estou com os dois pés no seu mundo e sua gravidade me puxa quando tento voar de volta para o meu. Ou seja, preciso ficar. Não me incomoda, há muito a explorar. E a melhor parte é que se eu me perder, seus braços dão um jeito de me encontrar e tudo fica bem de novo. Mesmo que fique perdida por um tempo, é seu mundo e eu me sinto salva em qualquer parte dele.

Quero me desprender de você, mas seria assim com qualquer um. É medo do que pode vir, de sofrer como já sofri, de um dia você arranjar uma forma de me despachar daqui. Mas quem não tem medo? Tem gente que tem medo de altura pela queda, do escuro por não enxergar o que está a um palmo de si, de máscaras porque não sabe o que elas escondem. Por que ter medo de amar? Talvez porque o amor seja uma combinação de todas essas sensações. Mas, se você quer saber, eu nunca tive medo de nenhuma delas. E não pretendo começar agora.




14 comentários:

Raquel Cunha em 10/9/13 disse...

Muito lindo os seus textos... Cheios de indecisões e amor. Me identifico muito. Hahaha.
Beijos

http://raquelcunha151.blogspot.com.br/

Mayara em 10/9/13 disse...

@Raquel Cunha Acho que isso me resume muito bem. Sou cheia dos dois haha. Brigada, Raquel! Beijão

mariana lima em 10/9/13 disse...

que lindo texto e realmente quem não tem medo né, mas acho q devemos sempre tentar nos desprender deles. ta de parabéns pelo texto.
blog: http://delirantemundo.blogspot.com.br/

Mayara em 10/9/13 disse...

@mariana lima Exatamente, Marina <3 brigada!

Paulina em 10/9/13 disse...

Texto top! É exatamente o que eu penso que está nesse texto.Adorei!

naoseavexe.blogspot.com

Mayara em 10/9/13 disse...

@Paulina Obrigada <3

Leandro Barbosa em 10/9/13 disse...

Ótimo texto. Não podemos deixar que o medo nos impeça de sermos felizes. Os outros sempre vão pensar alguma coisa, mas devemos esquece-los, pois a nossa felicidade depende inteiramente de nós.
Seguindo, segue de volta?
the-paradiise.blogspot.com.br/

Mayara em 10/9/13 disse...

@Leandro Barbosa É o que eu acho, Leandro. :) Obrigada!

Bruna em 10/9/13 disse...

Adorei seu blog!!
super beijo e já seguindo

Mania de Bruna
@ManiaDeBruna

Mayara em 10/9/13 disse...

@Bruna Obrigada!!

Gabriela Ti em 13/9/13 disse...

aa Mayara, amei esse texto! sério msm. Fiquei até um pouco com raiva pq vc escreveu tdo o que eu sinto e me senti plagiada kkk (brincando). Lindo lindo! bjos amiga :**
Gabi

Mayara em 13/9/13 disse...

@Gabriela Ti Hahaha acho que todo mundo acaba tendo experiências similares né? Engraçado isso!

Isadora Mello em 19/9/13 disse...

AMO essa música da Sandy, e te digo, mais uma vez, que seu texto ficou INCRÍVEL! Que frase é essa "Tenho medo de me envolver com outra pessoa e acabar caindo em tentação quando te encontrar, então acabo ficando sozinha. Sozinha com você. Olha que coisa."? ♥ Amei!!!

Menina, tô começando a virar sua fã!

Mayara em 19/9/13 disse...

@Isadora Mello TODOS CORAÇÕES DO MUNDO PRA VOCÊ <3 <3 <3 <3 <3 HAHAHAHAA Linda <333 brigada!!!

Postar um comentário

 

Design e programação por Mayara Sousa.