03 outubro 2013

03 outubro 2013

Guardada em cristais

"Há muita beleza em coisas comuns. Não é meio que o propósito de tudo?"
- Ó, vem cá! Ela é que nem você, também não dorme.

Poderia ter sido qualquer pessoa. Poderia ter sido só uma conversa casual entre colegas de trabalho. Você voltaria pra sua mesa e eu voltaria a fazer minha cópia no fundo da sala depois de acharmos graça na coincidência e a vida seguiria como antes. Mas acho que a vida estava cansada dos mesmos rostos e das mesmas conversas e deu um empurrãozinho pra que nada mais fosse como antes.

Não sei até que ponto acredito em sorte. Não sei até que ponto acredito em destino. Mas quando eu traço uma linha pra chegar até onde me encontro agora, é muito engraçado como tudo se encaixa e não graças a mim. Eu precisei ficar doente, pra me aproximar daquela professora de português do ensino médio, pra ela me indicar pra um estágio, pra eu fazer amizade com o cara que nos apresentou. Às vezes penso tanto nas coisas que queria ter feito de outra forma que esqueço que o presente também mudaria e, mesmo com todas as coisas que me atordoam, o que eu tenho de bom na vida, eu não troco.

Já faz dois anos. Só dois anos. Parece mais. Muito mais. Mesmo com toda a minha facilidade de apego e necessidade de carinho, eu nunca deixei alguém chegar tão fundo e me conhecer o suficiente pra que eu pensasse "como essa pessoa pode me amar com todos esses defeitos ridículos?". Porque, vez ou outra, eu penso que meus defeitos são muito maiores que minhas qualidades. Aí você vem e me lembra que eu consigo amar incondicionalmente, o que eu sempre considerei algo muito bonito nos outros, mas não sabia que estava em mim.

Acho que por todos os meus problemas.

Que passaram e que ficaram.

Que você nunca julgou.

A distância saudável que eu tentava manter de qualquer um que me fizesse sentir qualquer coisa além de simpatia à primeira vista era, na verdade, muito medo de todo o julgamento que as pessoas guardam em si pra despejarem no primeiro que der uma brecha. Eu sempre fui muito livre e, de uma hora pra outra, me vi construindo paredes que nem eu mesma consegui derrubar. Ficava olhando pelas janelas que nem sempre abria, esperando alguém forte o bastante. Que engraçado esse alguém ser você. Que bom que esse alguém é você. Que não julga, me escuta, me ama e não cansa. Me protege das loucuras e, quando eu fujo, me segura. Não insiste e me espera, porque uma hora eu faço festa. E você sabe que eu faço mesmo.

Como agora.

Pra celebrar tudo de bom que você trouxe e deixou comigo. Coisas que uma hora eu devolvo. Tô só esperando um tempo, pra devolver pelo menos o dobro. Enquanto isso, me aguenta, tá? Porque nessa vida não existem coincidências. E na minha, hoje, só existe amor.



13 comentários:

Alexia Cavalcante em 3/10/13 disse...

Adorei, parabéns!

Beijos.
Boa quinta-feira!
http://papodemeninasaer.blogspot.com.br/

cristiane de paula goiatá goiatá em 3/10/13 disse...

Mayara minha linda você escreve muito bem!!!
Nem precisa fazer propaganda de si mesma, o seu blog lindo com layout fofo e suas palavras falam muito de você, que nem imagina!!!
Tudo lindo e espero poder tê-la no meu blog com todo seu encanto gata!!
Apareça, terei o maior prazer de recebe-la!
Mil beijos e muuuuuito sucesso na vida!!
http://criscriacoisas.blogspot.com.br

Mayara em 3/10/13 disse...

@Alexia Cavalcante Brigada, flor!

Mayara em 3/10/13 disse...

@cristiane de paula goiatá goiatá Comentários assim fazem meu dia < muito obrigada, Cristiane! Vou passar no seu blog, com certeza :) Beijão

suuh em 3/10/13 disse...

que liiiindo, parabéns! vc tem muito talento <3
champagne supernova

Essa Nossa Vaidade em 3/10/13 disse...

Nossa, você tem uma maneira de escrever que emociona as pessoas, parabéns!
Vou passar por aqui mais vezes!
Beijos da Van ;)
www.essanossavaidade.com.br

Mayara em 3/10/13 disse...

@suuh Brigada <3

Mayara em 3/10/13 disse...

@Essa Nossa Vaidade Obrigada, Van! Vou conferir seu trabalho :D Beijos!

Rosana Ayres em 3/10/13 disse...

Amo você!!! estou sem palavras!!! meu melhor presente...

Mayara em 3/10/13 disse...

@Rosana Ayres Quem disse que é pra você, coisa feiaaaaaaaaaa??? Te amo!!

Gabe Moreira em 3/10/13 disse...

Menina, suas palavras são maravilhosas! Adoro seus textos, pode ter certeza <3

Mayara em 3/10/13 disse...

@Gabe Moreira Lindo <3 me beja

Tamires Macena em 3/10/13 disse...

Que texto lindo May, lendo deu pra notar o quanto é forte e bonito esse sentimento.
Que amor! Tu escreve maravilhosamente bem, sua linda ♥

Um beijo da Tami
www.tamiresmacena.com

Postar um comentário

 

Design e programação por Mayara Sousa.