19 abril 2014

19 abril 2014

Esperem por mim!



No último mês, prometi voltar a blogar pelo menos umas três vezes. Aprendam a não acreditar em tudo o que eu falo. Não que eu fale da boca pra fora - a vontade está ali, mas o tempo é escasso. Nunca percebi que tempo era um problema tão grande. Parece que passa cada vez mais rápido e é ele que nos controla, não o contrário. Tenho acordado cedinho, feito uma viagem até a Vila Olímpia quase todos os dias, passado o dia num escritório com vista bonitinha e voltado pra casa pra dormir e repetir tudo no dia seguinte. Tem sido bom, eu, que sempre fui depressiva, não estou tendo muito tempo pra chorar quando algo me machuca. Mas a verdade é que tudo me machuca e isso também é um problema quando penso em voltar com o blog.

Sempre compartilhei minha vida aqui - até demais. Alguns textos já me renderam boas discussões sobre exposição, principalmente porque muitas vezes envolviam outras pessoas. Meus ex-amores, ou sei lá. Eu não sei bem o que ando sentindo pelas pessoas. Perdi alguns amigos recentemente. Já ouvi todo o mimimi sobre como amigos de verdade não se perdem etc, então não repitam. Porque dói. Dói investir tanto de si nas pessoas e ser obrigada a deixar tudo aquilo ir pra longe porque não há segunda opção. E a pior (talvez melhor) parte disso, é que a gente faz de novo. Com amigos e amores. Ando fazendo. Conheci um cara que é totalmente o oposto do cara que inspírou 80% dos textos do blog e dei uma chance. O problema é que depois de tantas decepções, a gente já entra pensando "vou quebrar a cara". Nem tentem me pedir pra manter pensamentos positivos. Não funciona. O que é uma bosta porque sofro por antecipação pensando no fim. "Amanhã ele não vai mais falar comigo", "ele vai dizer que não está funcionando quando a gente se encontrar". Alguém me dá um calmante e um cobertor, por favor.

Minha mente nunca para. Uma afirmação ridícula, porque não acho que a de ninguém pare. Mas a minha está sempre buscando soluções e pensando demais nos detalhes que não importam. Sou do tipo que questiona "por que um ponto final e não um ponto de exclamação?". Confesso que ando louca. E loucura me dá medo, quem quer estar perto de alguém assim? Aí eu mesma me afasto, pra evitar que se afastem primeiro, fico sozinha e culpo os outros mais tarde. Construo paredes sendo que ninguém queria me fazer mal. Queria poder culpar a TPM, mas nem isso eu tenho.

Eu só queria mesmo dar uma explicação a vocês. Sobre o sumiço e minha vida hoje. Houve uma época em que o blog era minha vida 24/7, hoje não consigo mais, não por não querer, mas porque muita coisa está acontecendo ao mesmo tempo e eu nunca fui muito organizada. Meus horários estão bagunçados, ando cansada, andam consumindo muito de mim. Vai passar, acreditem. Tudo nessa vida passa. Como eu falei pra uma colega dia desses, já pensei que fosse morrer de desgosto e angústia várias vezes e tô inteirinha. O que eu preciso mesmo é grana no banco, um fim de semana em Campos do Jordão e um bloquinho pra colocar os pensamentos (e tarefas) em ordem. Pretendo fazer isso depois do próximo feriado. Até lá, não sei como fica isso aqui. Só espero que me esperem. E me chamem lá no Facebook sempre que quiserem falar alguma coisa. Tenho saudade de tudo isso aqui, mas acima de tudo, saudade de mim.



3 comentários:

Larissa em 3/5/14 disse...

Me identifiquei com você, em muitas coisas, minha mente é assim também, sou assim também. Tempo ta faltando pra todo mundo :( Espero que sua vida se organize! Boa sorte pra nos! Ha
beijos!
http://cheiade-alegria.blogspot.com.br/

Isabela Seixas em 22/6/14 disse...

Nunca me identifiquei tanto com um texto como com esse. Eu, no auge da minha adolescência dedicava minha vida só ao blog e ao Ensino Médio mas depois que "virei adulta" (faculdade, estágio, academia, namorado, família, compromissos...) tive que deixar o blog de lado. É uma pena, mas por diversas vezes sempre cheguei em casa cansada demais para ligar o computador e postar, por isso abandonei meu blog.
Hoje tento retornar a vida de blogueira, uma das minhas metas é conseguir conciliar blog com todos os outros compromissos... vamos ver se dá certo.
Amei seu cantinho, pode ter certeza que estarei aqui várias vezes esperando seu retorno.

Beijos, Isabela Seixas

Msdress em 26/6/14 disse...

thanks sharing!

Postar um comentário

 

Design e programação por Mayara Sousa.